Lívia Itaborahy é cantora e compositora, nascida em Volta Redonda (RJ), mudou-se para Minas Gerais com 8 anos e desde os 16 compõe se apresenta profissionalmente. Atualmente cursa Licenciatura em Música na Universidade do Estado. Participou de diversos festivais com canções próprias e como intérprete, entre eles, o Festival de inverno de Vespasiano, Festival de Conceição do Mato Dentro, Intérpretes- Sesc MPB, Prêmio Música das Minas Gerais. Foi campeã no Festival de Música de Volta Redonda e no Festival Circuito de Bar em Belo Horizonte.

No final do ano de 2013 foi selecionada para ser uma das 9 Intérpretes do Projeto Elas de Minas, com direção musical de Maurício Ribeiro e curadoria de Márcio Borges, onde ao lado de outros grandes nomes como Déa Trancoso e Marina Machado, interpretou canções de compositoras mineiras.

No segundo semestre de 2014 foi escolhida como uma das vozes do programa The Voice Brasil com a interpretação da canção Vieste de Ivan Lins.

Em 2015 estreou o show “Em tempo de Voz” com direção musical de Márcio Brant e Felipe Fantonni e o show “Daquilo que somos” com direção musical de Maurício Ribeiro.

Ao lado de Lúcia Rego, produziu e dirigiu o tributo a Gonzaguinha ” Não se Espante e Cante” com participação de Mariana Nunes, Ladston do Nascimento, Tadeu Franco, Sanduka Brasil entre outros.

No primeiro semestre de 2016 se apresentou com muito sucesso em Córdoba e Mendoza, na Argentina e participou do Tributo ao Clube da Esquina (Village Jazz – RJ) e do Projeto ELAS com o show: ” Um Brasil de um canto ao Outro” ao lado do Duo Instrumental (RJ).

Recentemente seu trabalho autoral foi selecionado para o festival SONORA e Mulheres Criando que acontecem na capital mineira.

 

livia itaborahy